9.12.17

SuperTmatik


"Destinados aos alunos dos 1º, 2º e 3º Ciclos do Ensino Básico de escolas públicas e privadas, os torneios SuperTmatik aliam as competências didática e lúdica numa fórmula geradora de motivação extra para o processo de ensino-aprendizagem" (...).
São objetivos deste concurso: "fomentar o interesse pela aprendizagem; contribuir para a aquisição , consolidação e ampliação de competências e conhecimento".
A competição processa-se em três etapas:

Etapa 1 (intra-turma): eliminatórias a disputar entre alunos da mesma turma para apuramento dos 3 primeiros classificados de cada turma.

Etapa 2 (inter-turma): participam na fase inter-turmas os 3 alunos mais bem classificados de cada turma. Apuram-se para a Grande Final Online os campeões, segundos e terceiros classificaods de cada escalão;

Etapa 3 (Grande Final Online): por cada escalão de competição apuram-se para a Grande Final online os campeões, os voce-campeões e os terceiros classificados dos torneios inter-turma (ao longo do ano, os alunos poderão treinar online na aplicação superTmatik online em www.supertmatik.net nos modos de jogos e níveis disponíveis; será disponibilizado um vídeo da prova modelo para que os professores e alunos conheçam o tipo de prova que irão realizar antes de jogarem a Grande Final Online).

A Escola Alexandre Herculano está inscrita nos seguintes campeonatos:
Cálculo Mental
Inglês (vocabulário)
Francês (vocabulário)
Espanhol (vocabulário)
Quiz Ciências Naturais
Quiz Física e Química
Quiz Astronomia
Quiz História de Portugal
Quiz Geografia


Concurso Nacional de Leitura 12ª Edição


O Concurso Nacional de Leitura (CNL), na sua 12ª Edição, é uma iniciativa do Plano Nacional de Leitura (PNL 2017) a que se associam a Direção-Geral do Livro, dos Arquivos e das Bibliotecas (DGLAB), a Rede de Bibliotecas Escolares (RBE), o Instituto Camões IP, a Direção de Serviços de Ensino e Escolas Portuguesas no Estrangeiro (DGEEPE) e a RTP.
Na atual edição, o universo de ação foi alargado a todos os níveis de ensino básico e secundário. Assim, o CNL 12ª Ed. 2017/2018 passa a ser dirigido aos alunos do 1º/2º/3º Ciclos do Ensino Básico e aos alunos do Secundário.
Segundo o regulamento, o objetivo central deste concurso é "estimular hábitos de leitura e pôr à prova competências de expressão escrita e oral".
O primeiro momento decorrerá nas escolas na semana de 15 a 19 de janeiro, em que os alunos inscritos realizarão uma prova escrita, de escolha múltipla, sobre obras literárias escolhidas previamente e do conhecimento público.
Aos alunos que desejem participar é tempo de leitura, mas também de comunicar ao seu professor de Português o vosso interesse em participar no concurso.
Vejamos, agora, as leituras que têm de fazer os alunos do Agrupamento de Escolas Alexandre Herculano.

1º Ciclo
A Arca do Tesouro - Um pequeno conto musical, Alice Vieira.

Este livro existe nas bibliotecas escolares do Agrupamento
Partilhamos convosco algumas páginas deste livro magnífico.


A arca do_tesouro_eeja de Risoleta Montez

Um outro livro a ser lido pelos alunos do 1º Ciclo é A maior flor do mundo, José Saramago.

Este livro existe nas bibliotecas escolares do Agrupamento
Partilho convosco um vídeo realizado tendo por base este obra.



2º Ciclo
Flor de Mel, Alice Vieira

Este livro existe na biblioteca da EB Alexandre Herculano

Piratas, de Manuel António Pina.

Este livro existe na biblioteca da EB Alexandre Herculano


3º Ciclo
História de uma gaivota e do gato que a ensinou a voar, Luís de Sepúlveda

Este livro existe na biblioteca da EB Alexandre Herculano


A abóboda, Alexandre Herculano

Este livro existe na biblioteca da EB Alexandre Herculano


O meu pé de laranja lima, José Mauro de Vasconcelos.

Este livro existe na biblioteca da EB Alexandre Herculano

Medi@ção

Para conhecer o regulamento deste concurso, basta clicar na imagem

Conta-nos uma história

Para conhecimento do regulamento, basta clicar na imagem

"Clássicos em Rede"

Imagem da página Web RBE
Clássicos em Rede "é um programa de atividades para alunos dos ensinos básico e secundário, com o objetivo de aumentar os seus conhecimentos sobre a Cultura Clássica e, sobretudo, levá-los a descobrir a sua presença na atualidade: na língua e etimologia, na herança patrimonial, nos modelos estéticos e na arte, no imaginário coletivo, no ideário que está na base das nossas sociedade e em tantas outras áreas.
Este programa é desenvolvido, em parceria, pela Rede de Bibliotecas Escolares, pelo Centro de Estudos Clássicos da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa (CEC-FLUL) e pelas autoras do projeto Olimpys.net.
A Cultura da Antiguidade Clássica está presente, das mais diversas formas, nos dias de hoje: desde a literatura ao cinema, desde os conceitos políticos às instituições que suportam as nossas sociedade, desde as bases do conhecimento científico, aos modelos estéticos e arquitetónicos...
Levando as crianças e os jovens a descobrir esta presença, pretende-se estimular a sua curiosidade para compreender a origem de tantas situações e objetos do seu quotidiano, bem como aumentar a sua capacidade para cruzar informações de múltiplas áreas do saber, de modo a construírem um conhecimento mais profundo sobre a sociedade em que se inserem. Contribuir-se-á, assim, para que cresçam com uma visão informada e lúcida do mundo em que vivem, na linha do perfil de aluno e de cidadão que se pretende para o século XXI".

Para recolher mais informações sobre o concurso, basta clicar na imagem

No âmbito deste projeto, vai decorrer o concurso "As Olimpíadas da Cultura Clássica" dirigido aos alunos dos ensinos básico e secundário, com o qual se pretende "estimular o conhecimento e a curiosidade com desafios que apelam à escrita, à expressão artística e ao domínio das ferramentas digitais".


8.12.17

"Encontro de Culturas"

"Encontro de culturas" foi um trabalho de projeto realizado pelo Grupo Tutoria 1, em articulação com o projeto da Biblioteca "Mala Intercultural", sob a orientação da professora tutora Maria de Jesus Bento Pereira.

Contextualização: a temática investigativa surgiu na segunda aula quando um aluno levou para a aula uma viola e começou a tocar. Foram tocadas e visualizadas na net canções e aspetos culturais da etnia cigana. Foram, igualmente, vistas e cantadas algumas canções tradicionais portuguesas.
Neste contexto, surgiu a temática e as questões investigativas seguintes:
- Aspetos da cultura cigana: origem e tradições
O que é próprio da cultura cigana?
Qual a origem dos ciganos?
Qual/quais as tradições que ainda se mantêm?
Jogos de infância

E assim surgiu um trabalho de investigação sobre os símbolos ciganos que foram pintados em pedras utilizadas no jogo do "Sarrabulho".









6.12.17

Dia Internacional da Pessoa com Deficiência

No dia 3 de dezembro comemora-se o Dia Internacional da Pessoa com Deficiência, data estabelecida desde 1998 pela Organização das Nações Unidas, ONU, com o objetivo de alertar para os direitos e necessidades das pessoas com deficiência.
A lembrar esta data, os alunos da T.2 da EB Mergulhão deslocaram-se às várias turmas deste estabelecimento para narrar aos colegas a história que têm vindo a ler: Esmeralda, a menina com síndrome do amor, da autoria de Helena Inês e ilustrada por Nuno Ezequiel.





A autora e o ilustrador no dia da apresentação do livro



"Tenho uma amiga chamada Esmeralda. Há quem diga que é doente ou deficiente.
(...)
A Esmeralda é, para mim, uma lição de vida. Este ano, começou a estagiar numa pastelaria. É muito feliz lá. Come e faz bolos...
Nem sempre atende o público porque nem todas as pessoas estão preparadas para ela...
Com tantos pontos comuns entre nós, não entendo porque só sabem dizer que é diferente.
Na verdade, quando penso nela, vejo um sorriso luminoso e uma pessoa pura sensível, sempre bem disposta e pronta para ajudar. Faz tudo com AMOR.
E, por isso, fico incomodado quando lhe lembram o que não sabe e o que não é capaz de fazer.
E, por isso, fico feliz quando lhe dizem:
- Também és capaz! Conseguiste!
Sei hoje que , por muito que me esforce, dificilmente conseguirei ser tão meigo, generoso e alegre como a Esmeralda.
A minha amiga tem apensas um cromossoma a mais...
Não é deficiente.
Nem tão diferente.
É especial".

3.12.17

Dia Nacional da Cultura Científica

Ainda no âmbito do Dia Nacional da Cultura Científica, a professora Margarida Pereira espalhou pela escola alguns desafios...






Para obterem as respostas, os alunos tinham de se dirigir à biblioteca.



24.11.17

Dia Nacional da Cultura Científica

Hoje, dia 24 de novembro, comemora-se o Dia Nacional da Cultura Científica que foi criado em 1996 em Portugal, como homenagem a Rómulo de Carvalho nascido nesse dia no ano de 1906.
Rómulo de Carvalho foi professor de Física e Química responsável pela promoção do ensino da ciência e da cultura científica no nosso país. Além de professor, foi metodólogo, investigador e autor de manuais escolares, de livros de divulgação científica e de poesia, estes últimos sob o pseudónimo de António Gedeão.
Lembrando a data, a Equipa da Biblioteca Escolar montou uma pequena exposição com materiais disponibilizados pelo Departamento das Ciências Experimentais.









Além desta exposição, apresentámos uma outra onde divulgámos alguns apontamentos da vida e obra de António Gedeão.








19.11.17

"No Place for Hate"

Após conclusão da tarefa proposta na última sessão da oficina de escrita, ainda sobraram alguns minutos que foram aproveitados para mais um desafio: escrever um poema para o título "No Place for Hate". Escrever um poema em inglês ainda não foi hoje, mas o importante mesmo é a reflexão sobre o tema.

"No Place for Hate"

No meu coração eu amo todos eles:
os amigos, a família, os animais,
as flores, as paisagens, as árvores,
a paz, o amor, a alegria e a amizade.

Com tanto amor que tenho no meu coração
não tenho lugar para o ódio,
para a tristeza, para a guerra, para a discriminação.
Não tenho lugar para o ódio.
                                                           Diana Barreto


O que é o ódio?
Ódio é um sentimento para o qual não há lugar.
Devia ser retirado do dicionário
para nunca mais voltar.

Se não existisse ódio
Reinaria a felicidade.
As guerras seriam extintas
Substituídas pela amizade.

Mas o ódio existe...

Se virem alguém a ser odiado diariamente
Não levem como um simples episódio.
Pois, para mim, neste mundo,
não há lugar para o ódio.
                                      Rafael Raimundo


No mundo, no mundo
um lugar gigantesco
onde só devia haver
paz e amor,
o que seria encantador.
Mas, eis que surge o ódio...
Não, vamos dizer não!
No place for hate!
                                    Rafael Vieira

Oficina de Escrita - Momento de Poesia

A Oficina de Escrita da última terça-feira foi dedicada à poesia.
Por proposta do professor Rui Gonçalves, os alunos construíram um poema livremente.
Escrever sem tema, sem título, sem palavras nem dicas, apenas uma folha branca e material de escrita...
Este conjunto de condições seria um obstáculo para os que não gostam de escrever, mas para os jovens que integram esta oficina bastou-lhes uns breves minutos de reflexão para que as ideias surgissem...
Ora leiam e apreciem...

Lutar

Eu luto para conseguir
os meus objetivos atingir.
E quando falo em lutar
Falo em estudar
e em tudo o que aparecer
ao longo da minha vida.

Luto pela paz, luto pelo amor
Faço o que for preciso.
O que eu não quero
é que exista a dor.

Falo e falo muito, isso é verdade,
mas quando se trata de ajudar
Sou sempre o primeiro a tentar.
                               Rafael Vieira



Chamem por mim

Quando os seres humanos
virem que estão errados.
E, por fim, entendam
as consequências dos seus pecados.
Chamem por mim.

Quando as árvores deixarem
de morrer constantemente
e a paz reinar eternamente.
Chamem por mim.

Quando, neste planeta,
houver uma respeitada lei
e deixar de haver alguém
que de todos se acha rei
chamem por mim
E ao mundo os olhos abrirei.
                              Rafael Raimundo



Sementinhas

Num lindo jardim, repousava
uma flor com grande beldade
que num dia de sol fez nascer
uma enorme e eterna amizade.

Criou duas lindas sementinhas
que brincavam nas suas pétalas
e contavam segredos uma à outra
por baixo das suas sépalas.

Mas um dia o vento soprou
com uma força inimaginável
separando as duas sementes
com uma dor incalculável.

Longos anos se passaram
e com eles mudaram as sementes.
Agora já eram plantas, que sem saber,
da mesma terra eram residentes.
                                   Diana Barreto


E assim, ao fim de um dia de aulas, estes jovens aproveitam o momento para mostrar o seu enorme talento. Muitos parabéns! 
É uma honra ter a vossa companhia, sempre cheia de magia!                   




Dia Internacional da Tolerância

O Dia Internacional da Tolerância é celebrado anualmente a 16 de novembro.
Esta data foi aprovada pelos estados membros da UNESCO após celebração, em 1995, do Ano das Nações Unidas para a Tolerância.
No âmbito desta celebração, a Biblioteca Escolar afixou um cartaz na Ludoteca desafiando os alunos a escreverem palavras relacionadas com a temática.


11.11.17

"No Place for Hate"

"No Place for Hate" é um dos projetos "Erasmus +" a ser implementado no Agrupamento de Escolas Alexandre Herculano, em que colabora na qualidade de membro parceiro.
Este projeto, que envolve cinco escolas europeias, pretende que os alunos sejam motivados a abordar temáticas relacionadas com o ambiente e a promoção de atitudes e ideias empreendedoras face à questão "No Place for Hate". Do Agrupamento Alexandre Herculano estão a participar algumas turmas de 4º ano, o Clube e Twinning/Erasmus e o Clube da Diversidade (Biblioteca Escolar).
É do Clube da Diversidade que vos trago notícias.
Enquanto o Rafael Raimundo, a Diana Barreto e a Maria Machado escreviam em inglês palavras relacionados com o tema....



a Daniela Carreira, a Filipa Ricardo e o Luís Magro procuraram as bandeiras e os mapas dos vários países participantes (Croácia, Portugal, Polónia, Reino Unido, Turquia) e foi na impressão dessas imagens que desenharam e recortaram as suas mãos.




Posteriormente, recortaram as palavras já impressas e colaram-nas nas mãos feitas em papel.



Por fim, deu-se continuidade ao placar já iniciado pelo clube e Twinning.